[Resenha + Promo] A Culpa é das Estrelas - John Green

Não sei por onde começar... Posso resumir?

Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros… Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Eu queria mais números do que provavelmente vou ter.

Hazel Grace é uma garota de 16 anos com pulmões de araque. Ela foi diagnosticada com câncer aos 13 e, apesar do Milagre da diminuição do tumor, sua vida é um infinito muito menor do que ela gostaria. Como paciente terminal que carrega pra onde vai seu cilindro de oxigênio,ela frequenta um grupo de apoio (quase que obrigada pela mãe) e lá conhece um cara e que cara com quem vai dividir seus dias dali pra frente. Gus é encantador, com um sorriso torto no rosto e um cigarro na boca que nunca é aceso.

Este é primeiro livro que leio de John Green e já estou tentando arrumar espaço na minha estante que ainda não existe para colocar todos os livros que este cara escreveu - pode ser inglês, pode ser em português. Eu quero mais de John Green. O cara é foda.

Os personagens são terrivelmente delicados e cruelmente cientes do que são. Não existem palavras suficientes para descrever Hazel. Ela é exatamente o que imagina ser - não existe uma idealização, um sonho impossível. As mesmas coisas que passam pela cabeça dela, são as mesmas coisas que acontecem em seu dia-a-dia. E isto é um reflexo real da sua condição: não existe esperança para o amanhã, não existe tempo para depois. Isso não significa que Hazel seja dramática, muito pelo contrário. Ela é realista, divertida...
Se um cara que não é gato encara você sem parar, isso é, na melhor das hipóteses, esquisito, e na pior, algum tipo de assédio. Mas se é um cara gato… na boa…
August ou Gus, como prefiro, perdeu uma perna por conta do câncer e é aquele cara direto e ao mesmo tempo fofo. É o cara realista que diz coisas lindas. Por isso, e muitos outros motivos, acabei o assimilando  muito com Cole da trilogia Os Lobos de Mercy Falls (não significa que sejam iguais, porque também consigo enumerar muitas diferenças entre eles, acho que foi porque Cole estava recente na minha cabeça, btw). Isaac, o melhor amigo de Gus, perdeu a visão por conta do câncer e com isso, perdeu também a namorada. Conseguem imaginar a fragilidade da história?

O livro conta com o mesmo "artifício" usado em Quarto: as coisas mais simples da rotina, viram nome próprio. Isso evidencia como Hazel tem pouco tempo: talvez ela tenha tão poucas coisas que as coisas mais simples tornam-se coisas muito importantes. Um exemplo é quando seu tumor diminuiu. Poderia ser um milagre, mas para Hazel e sua família aquilo tornou-se o Milagre.
"Gus, meu amor, você não imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não o trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e sou muito grata por isso."
John não contente em nos contar os poucos dias do infinito dos personagens, também envolve a família deles (no caso de Hazel e Gus). Isso me matou, gente. Eu estou bem no meio do caminho: sou mãe e também sou filha. O mesmo sofrimento que eu poderia passar, eu também poderia causar. E esse sofrimento, Hazel também deixa claro: ela se sente como uma granada que pode explodir a qualquer momento e machucar todos que estão próximos.

Sofridamente triste, mas impecavelmente encantador. LEIAM, LEIAM, LEIAM!
Uma palavra para definir o livro: OK.

Sorteio do livro:
Depois de ler este livro tão maravilhoso, minha vontade é que todo mundo faça a mesma coisa. E, por isso, vou sortear DOIS exemplares de A Culpa é das Estrelas. Para concorrer, comente na resenha e preencha o Rafflecopter. Se quiser mais chances, complete as chances extras ;)

a Rafflecopter giveaway


Boa sorte ;)

Programação da Novo Conceito para a Bienal SP

A Editora Novo Conceito divulgou a programação deles para a Bienal Internacional do Livro de São Paulo.  Estou pensando em ir mais dias para conhecer todos os autores que estarão presentes (e aproveitar para autografar meus livros, né?)

Confira abaixo e programa-se!


[Resenha + Promo] Do Seu Lado - Fernanda Saads


Mensalmente, a Editora Novo Conceito está lançando um autor nacional pelo selo Novo Conceito Jovem. Em junho, foi a vez da Fernanda Saads com seu livro Do Seu Lado.


Após um longo tempo de terapia para se recuperar de um fora, Sarah parece estar bem. Quer dizer, ela já recuperou seu peso normal e consegue pensar em outras coisas além de Bruno. O problema é que no fundo ela vive fantasiando o dia em que esbarra com ele na rua e: pimba! Ela está linda e radiante e ele percebe a mancada que deu. Seus planos são simples: reconquistar Bruno e depois dar o troco que ele merece. Mas o destino lhe prega uma peça quando Nestor, seu chefe, pede que ela visite um novo cliente e, de repente, tudo vira de cabeça para baixo. Lá está ela de frente para o seu antigo amor, que parece mais irresistível do que nunca! Enquanto isso, seu melhor amigo, Igor, sempre presente e irritantemente perfeito, não suporta vê-la cair nas garras do bonitão outra vez. Sarah terá que lutar contra os próprios conceitos para descobrir o verdadeiro sentido do amor.
Sarah é uma arquiteta em início de carreira que mora sozinha em seu apartamento. Ela divide seus dias com o também arquiteto e melhor amigo, Igor.
Enquanto Sarah é toda insegura, maluquinha e impulsiva, Igor é todo certinho, organizado daquele tipo só-lapis-e-caneta-na-mesa. Ambos trabalham na mesma empresa de arquitetura e também por isso estão o tempo todo juntos.

Sarah está solteira, mas ainda remoendo o fim de namoro com o Bruno que aconteceu há 4 anos (!!!!!!!!!!). Bruno não foi lá muito verdadeiro com ela e Sarah acha que em algum momento da vida, poderá se vingar. É como se ela só ficasse esperando esta oportunidade.
Sarah divide seus devaneios também com sua terapeuta, Glória, mas sempre acha alguma coisa mais importante para fazer do que comparecer à consulta.

Um dia, o chefe de Sarah delega um projeto em uma agência de publicidade para ela e Igor trabalharem juntos. O problema é que ao chegar na agência, o dono é ninguém menos que Bruno, o ex de Sarah. Igor nunca gostou de Bruno, justamente por ter acompanhado bem de perto todo o sofrimento de Sarah - foi ele que estava ao lado de Sarah quando veio a decepção.
Porém, Sarah se vê incapaz de controlar seus sentimentos e na menor aproximação do ex, ela já se derrete toda. Eis que surge a oportunidade de dar o troco. Mas será que ela estaria com Bruno só por vingança ou por amor mesmo? Será que vale a pena se afastar do seu melhor amigo e acreditar naquele cara que foi motivo de muito sofrimento nos últimos anos?

Tá, eu sei, a história é extremamente clichê. E????

Não só por ser uma adoradora de clichês, mas o livro entrou para minha lista de melhores leituras do ano. Ele pode não ter a história mais original do mundo, mas ele tem uma narrativa cativante demais. É aquele livro que você começa a ler e a leitura flui tão bem, é tão rápida que logo você chega ao fim.
Sou defensora de uma história bem contada, seja ela ousada, original ou clichê, comum. Não adianta o autor ter uma ideia totalmente diferente e não saber contar, deixar o enredo confuso e a narrativa cansativa.

Este é o tipo de livro que você empresta para sua melhor amiga da escola/faculdade e ela vai te devolver no dia seguinte com um sorriso no rosto. Não traz grandes novidades, mas traz uma história deliciosa e fofa.

A capa é linda, mas dá um ar de que a Sarah é mais adolescente, dramático. Apesar do sofrimento dela, o livro pende um pouco mais para o cômico - prestem atenção na cliente Fátima <3

Ah, e este é o segundo livro da Fernanda Saads. O primeiro foi Confissões de Laura Lucy (que, inclusive, comprei semana passada rs).

Sorteio do livro
Comente nesta resenha (algo pertinente, claro) e preencha as entradas no Rafflecopter.
A única regra básica é comentar, mas se quiser mais chances para concorrer ao livro, preencha as chances extras.
a Rafflecopter giveaway

A promoção termina em 10/08 e o resultado sairá aqui mesmo.

Boa sorte e boa leitura ;)

Promoção via twitter: Além das Fronteiras

Olá, pessoal!
Hoje é dia de promoção nova \o/  Desta vez, o livro sorteado é o Além das Fronteiras - livro de uma autora brasileira, publicado por uma editora americana.

A autora é Carol Freire, que mora nos Estados Unidos desde 2001. Conheçam um pouco mais do livro, participem da promoção e compareçam ao lançamento que vai acontecer em São Paulo na próxima sexta:







Diante da oportunidade de realizar seu sonho de regressar ao Brasil, após catorze anos morando no exterior, Luna é forçada a encarar as escolhas que fez em sua vida, embarcando numa incrível jornada de autoconhecimento. Num flashback, Luna se vê novamente como a garota de vinte e dois anos que decide largar a promissora carreira de publicitária para ir morar com Vítor, o namorado escalador que fora aceito no curso de MBA na Universidade da Califórnia, Estados Unidos. Ao pisar no novo país, Luna apaixona-se pela charmosa cidade de São Francisco, com suas casas vitorianas, a ponte Golden Gate e os encantadores bondinhos. Ah, Yosemite...O parque nacional, paraíso dos escaladores, também conquista o seu coração. Jovem e impulsiva, Luna sonhava com uma vida de viagens e aventuras, mas as saudades da família e os choques culturais logo a fazem perceber que a vida Além das Fronteiras não será tão fácil assim. Da Califórnia, Luna vai parar na China, onde é desafiada a criar filhos pequenos num país cuja língua não compreende e cuja cultura a surpreende dia após dia. Eis que uma sucessão de eventos trágicos transformam sua forma de ver o mundo e fazem-na perceber que não tem tanto controle sobre o rumo de sua própria história. Em meio ao sofrimento, surge a oportunidade de regressar ao Brasil. Mas será que faz sentido voltar depois de tudo o que aconteceu? 

Para concorrer ao livro autografado é muito fácil: basta twittar a frase abaixo até dia 10/08.
RT | Eu quero conhecer este romance que vai Além das Fronteiras com o @EsteJaLi http://kingo.to/19fJ  #AlémDasFronteirasCarolFreire
Para quem é de São Paulo, fica o convite para o lançamento que vai acontecer dia 27/07 (próxima sexta). Ótima oportunidade para conhecer a autora e comprar seu livro autografado com desconto de lançamento ;)

Resultado
Parabéns! Envie seus dados para ceile.dmoraes@gmail.com


[Séries] Novidades


Hello! Tudo bem com vocês? Mais uma sexta feira chegou e com ela noticias de nossos seriados favoritos! Vamos conferir?

Grimm

A segunda temporada de Grimm vai estrear dia 13 de agosto, mas a emissora NBC começou suas divulgações, como pôsteres, fotos e vídeos.



Temos duas fotos promocionais que mostra Juliette inconsciente e prestes a ser colocada num “caixão de vidro” no maior estilo Branca de Neve. E ao lado da namorada, Nick o policial Grimm com um olhar sério.

Vemos também os outros personagens: Hank, Monroe, Renard, Rosalee e Wu.

 
Foi liberado um vídeo de uma cena exclusiva da segunda temporada! A mãe de Nick surpresa ao saber que seu filho tem dois amigos “monstros”. Sinto que essa temporada vai ser um sucesso.



Fringe

As primeiras fotos dos bastidores mostram Olivia e Peter num momento família com Etta, sua filha. E também um grupo de Observadores chegando. Acho que eles vão ser perseguidos nessa cena. 


Quem está animado com a quinta temporada levanta a mão? \o\ \o/ /o/ -q

The Vampire Diaries

Lembra-se da noticia que a produção da série estava à procura de uma nova atriz para interpretar April? Então, eles acharam. Ela é Grace Phipps.


Grace vai interpretar uma conhecida de Elena e Jeremy que acaba de chegar a Mystic Falls. Tem 16 anos e acaba de sair de uma escola particular depois da morte de seu pai.

Vampire Diaries estreia dia 11de outubro.

The Mob Doctor – nova série

Acaba de ser divulgado o primeiro pôster da nova produção da Fox – The Mob Doctor. Na foto, aparece Grace Devlin com as mãos sujas de sangue sofrendo com a pressão da máfia. No canto está o aviso “cuidado para quem você deve”. 


A sinopse da série é: Grace é médica. Uma mulher segura e bastante profissional com um futuro promissor. Porém, sua família a mantém ligada ao sul da cidade, lugar comandado pela máfia. Para pagar uma dívida feita pelo irmão, ela tem que trabalhar para o chefão da máfia.

Vídeo promocional da série.


Estreia dia 17 de setembro.

Feliz Dia Do Amigo

Mesmo que todos os dias deveriam comemorar a amizade, hoje, dia 20 de Julho é especial. Então, para todos os meus amigos venho compartilhar um vídeo que retrata bem a amizade. Fictício ou não, Friends é digno de ser lembrado nesse dia.

Um Feliz Dia do Amigo a todos os meus amigos, especialmente os amigos virtuais!



Beijão!


Sempre - Maggie Stiefvater

É muito feio começar uma resenha chorando? É muito feio se despedir de uma história que amamos através de um post no blog que era pra ser uma resenha?



"Quando nos beijamos, não importava o fato de eu ter sido loba horas antes, ou o que voltaria a ser. Não importava que mil problemas nos tomariam quando deixássemos aquele lugar. Só uma coisa importava: nossos narizes se tocando, a maciez dos lábios dele, o desejo dentro de mim."

Em Espera, temos Grace falando que nunca imaginou que houvessem tantas formas de dizer adeus e esta foi a frase que ficou na minha cabeça durante toda a leitura.
Minha história favorita já tem um ponto final. Vocês não têm noção o quanto isso é triste.

E, devido às emoções afloradas, vocês podem encontrar alguns spoilers dos dois primeiros livros.

Depois do agonizante final de Espera, Grace agora está instável: ora loba, ora humana. E Sam cada vez mais inquieto, preocupado em proteger Grace e por tê-la por perto. A preocupação de Sam não é somente por Grace não estar acostumada à vida de loba, não ser muito habituada aos perigos da floresta, sua preocupação tem um fundamento muito mais palpável: Tom Culpeper, pai de Isabel, está decidido a exterminar os lobos de Mercy Falls - e está cada vez mais próximo do feito, agora que uma garota foi morta por lobos *crying*.

Isabel e Cole, Cole e Isabel... Eles estão tão eles neste livro que nem sei direito como descrever esta "relação". Crise, atração, fogo, carência, frieza, amor... Vários sentimentos misturados e muito bagunçados.

Se em Espera, o quarteto já estava próximo, em Sempre, eles se tornam uma família: cada um com sua atividade (Cole em busca da cura, Grace à merce da temperatura, Sam em busca de Grace), mas todos em busca do mesmo objetivo: salvar os lobos de Mercy Falls.
O sentimento com relação a Tom Culpeper fica muito confuso, afinal, ele é pai de Isabel, mas ao mesmo tempo, quer matar a matilha. E, quem acompanha a série, sabe quem faz parte da matilha(Becky).

Eu não conseguia entender como alguém podia ser Deus e o diabo ao mesmo tempo. Como a mesma pessoa podia destrui-lo e salvá-lo

Só sei descrever este livro falando de sensações. Não sei dizer sobre sua estrutura, sobre coisas concretas. Calafrio é frio na barriga mesmo, Espera é uma agonia e em Sempre é uma mistura de tudo de bom e ruim. Sempre é agressivo sem bater, é medonho sem arrepiar, é como um romance sem beijos (metáfora, ok? Tem muitos beijos).

Quando abri os olhos, com as mãos em cima das de Sam, havia centenas de sombras abaixo de nós. Todas elas eram Sam ou eu, mas era impossível saber qual era qual.

Cole mantém todo seu desdém, ironia, encanto e tudo de muito bom ao contrário. Isabel continua fútil, seca, insegura - e continua com sua simpatia. Sam é como uma linda chuva - a beleza na tragédia, a poesia no luto. Grace continua otimista, mas muito realista. Sim, é tudo muito contraditório, mas assim é Os Lobos de MercyFalls: uma infeliz felicidade.

Esta série me marcou de uma forma que mal sei explicar. A todo momento, me vem alguma coisa dela, ela simplesmente não sai da minha cabeça. Sim, é meu romance favorito. Sim, Maggie fez mágica. Basta abrir seus livros que começa a nevar em minha volta. E isso me marcou muito também: este livro é todo neve. Leiam, vocês vão me entender.

Dêem uma chance para esta trilogia - ela é puro encanto! Eu chorei de tristeza pelos acontecimentos (odeio lidar com mortes importantes), chorei por esta palavra: "- Bipe", chorei porque acabou. É muito estranho não ter a sensação de esperar pelo próximo volume. E, claro, chorei com a nota da autora no final. Assim como Maggie, também vivi em Mercy Falls e estou me despedindo.

Em Chamas - Suzanne Collins


Continuando com uma série que me arrebatou desde as primeiras páginas (não antes), esse é o segundo volume da série Jogos Vorazes, para todos aqueles que são apaixonados por Katniss tanto quanto eu, rsrs. Apreciem a resenha ;)


Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações nos distritos dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menos do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Como vimos no final do primeiro livro, as coisas não estão fáceis para Katness e Peeta. Mesmo eles tendo ganhado os Jogos Vorazes ainda têm que lidar com a fúria do Capitol, em que o presidente não está nada feliz com o pequeno ato que poderia ser uma rebelião. E se está ruim, fica ainda pior quando o próprio presidente visita Katness, dizendo que ela começou uma faísca e que precisa apagá-la o quanto antes. Utilizando um ato de amor, para convencer a todos que está realmente apaixonada por Peeta, que o que ela fez foi apenas para manter o amor de sua vida vivo.
Só que, é claro, o presidente tem um plano ardiloso e muito, muito cruel, para o “casal”. Algo que ela nunca imaginou que fosse acontecer, e que foi realmente cruel. Não só para eles, mas para os outros vinte e dois... Foi como voltar um pouco ao primeiro livro, só que tudo está ainda pior. Como se fosse possível.
Esse livro, mais do que o primeiro, é cheio de reviravoltas e segredos e descobertas e desespero. Mas fiquem focados nas reviravoltas, porque é quando vocês vão entender o verdadeiro sentido dessa palavra. Acontecimentos inimagináveis, novamente a falta do conhecimento de como tudo aquilo pode acabar. Por que, novamente, não conseguimos encontrar uma solução para o que está acontecendo.
Ao longo do livro nos revoltamos por causa das atitudes do Capitol para com o Distrito 12 (mas acho que isso já poderia ser esperado, mesmo assim fui pega de surpresa), com o plano e a crueldade do presidente e uma esperança nos brota quando ouvimos (lemos) certa notícia... Quem sabe, não?
Novamente o tipo de história que nos faz começar a ler e não querer parar mais, sem conseguir parar mais. Do tipo que nos deixa ansiosas, nos faz chorar, ficar com raiva e querer correr de nervoso. Que nos faz torcer e querer bater.
E o final... Bem, acho que ninguém fosse esperar por isso também. Sim, porque, a última frase, a grande descoberta, o grande choque... Lemos vez ou outra, apenas para ter certeza de que estamos vendo direito.
Ah, e é claro, não pude deixar de dizer. Estejam preparados. Porque começa à meia-noite.

BJS


Caixinha de Correio - Enfim...

Oi, pessoal!
Olha, sei que a última caixinha de correio que fiz foi há um ano, mas aqui estou eu trazendo as fotos dos livros que chegaram pra mim. Não posso garantir que todo domingo teremos, mas sempre que eu tiver um tempinho pra fotografar ou filmar, teremos a tal caixinha...

Parceria

Destino e Travessia da autora Ally Condie são os dois primeiros livros de uma trilogia distópica. As capas são lindas e estou bem ansiosa pra conhecer esta Sociedade.
@mor de Daniel Glattauer é um romance com uma estrutura bem diferente: é todo escrito com trocas de emails entre Emmi e Leo. Parece bem rápido de ler, visto que eu peguei pra ler a primeira folha e só fui parar na 15. Ambos foram cortesia da Suma de Letras.

Bem Mais Perto, Startes e Um Lugar para Ficar. Adorei as capas, mas Bem Mais Perto me lembra muito Anna e o Beijo Francês e Um Lugar para Ficar me lembra Tudo que Ela Sempre Quis rsrs.
Startes era muito aguardado aqui no Brasil e muitas pessoas já tinham lido em inglês. Tem uma capa metálica muito legal e a NC manteve a capa americana.

Dos últimos livros que chegaram da Novo Conceito, Belle da autora Lesley Pearce foi o mais aguardado por mim. Tem 559 páginas e tem a capa mais linda! Ela tem a mesma textura dos livros da série Fallen, com relevo e verniz no título e verniz nos detalhes dos "ramos". Este livro é da mesma autora de Roubada, também lançado pela NC.

Equinócio da autora Lu Piras (cortei uma letra na foto =S) tem uma capa linda demais, além de uma diagramação cute *-* Estou bem ansiosa pra conhecer a história de Clara e Nate! Primeira edição de Xadrez da autora Fabiane Ribeiro que foi relançado pela editora Universo dos Livros com uma nova capa e novo nome (Jogando Xadrez com os Anjos). Línguas de Fogo da autora Karen Soarele - fizemos uma promoção e a autora da frase ganhadora da promoção (Daniele Moreira) indicou o blog e eu também ganhei o livro =D A Karen mandou marcadores também e logo teremos sorteio de kits. Além das Fronteiras é da autora Carol Freire. Este romance foi publicado pela editora americana Cultural Exchange Books e a autora veio para o Brasil para fazer o lançamento que vai acontecer dia 27 na Livraria Cultura no Conjunto Nacional (Loja das Artes). Nesta semana vou postar o convite, btw. A Carol mandou dois exemplares, então ainda nesta semana teremos sorteio do livro \o/

 Este livro, Sempre da autora diva Maggie Stiefvater, é o último volume da Trilogia Os Lobos de Mercy Falls e tem sido assunto de, pelo menos, 70% dos meus tweets ultimamente. Eu AMO esta trilogia e com muita dor no coração li este último livro. Pô, acabou... Muito triste me despedir de Sam, Grace, Isabel e Cole. Logo mais tem uma resenha surtada, emocionada e talz. A editora Agir manteve a capa original, mas o tamanho é diferente de Espera (segundo volume) e do mesmo tamanho de Calafrio (primeiro volume).

Compras:

 Dezessete Luas de Margaret Stohl e Kami Garcia, Sábado à Noite da autora Babi Dewet, Marina de Carlos Ruiz Zafón. 
A Culpa é das Estrelas do John Green. Destes que comprei, o que mais estou ansiosa é A Culpa é das Estrelas. AHHH, AGORA EU TENHO JOHN GREEN NA MINHA ESTANTE!

Lombadas:


[Séries] The Firm


Baseado no best-seller de John Grisham, a série The Firm se passa dez anos depois dos acontecimentos do filme(A Firma) estrelado por Tom Cruise.

Sinopse: Mitch McDeere, após derrubar o chefe da máfia e ajudar os federais na ação de captura, ele entra com sua família para o Programa Federal de Proteção a Testemunha. Depois de muito tempo, querendo voltar para o seu emprego, dá uma vida melhor para sua esposa Abby e sua filha Claire de dez anos, eles decidem sair do programa. O problema é que o passado voltou para assombrá-los e um novo inimigo está à espera deles.


O que posso falar dessa série que me deixou boquiaberta? Sério. Eu amei o enredo da continuação, os personagens, os dramas, as cenas de ação. Tipo, tudo! E para minha surpresa ela foi cancelada pela NBC. Não entendi o cancelamento, não entendi como a audiência ficou baixa, e fiquei muito irritada com o final de enlouquecer. Mas essas pequenas coisas não importa, venho dar essa dica de todo coração e quem puder, e se interessar, veja!


Ao longo dos episódios, a série mostra pedaços de cenas que os personagens viveram em determinado momento da trama, mas para o telespectador são apenas fragmentos do quebra cabeça que a cada semana vai sendo montado, e nesse “flashforward” vemos o inicio da confusão que Mitch se meteu com outra firma de advocacia suspeita. Também conhecemos o irmão dele, Ray McDeere que já foi preso e sua namorada louca Tammy. 


É claro que alguns episódios foram apenas para encher linguiça, colocando casos sem nenhum significado com a trama da série. Não é uma critica, é até interessante como Mitch desempenha o papel de advogado que luta pelo seu cliente por mais insano e perigoso ele seja. Ou a vida de Abby sendo professora no mesmo colégio que sua filha estuda, ou a vida amorosa de Ray com Tammy.

É corrido, é dramático, é misterioso, e é puro amor.

Não conheço o livro que a série e o filme foram baseados – sim, me processe, e nem me lembro do filme A Firma estrelado por Tom Cruise, mas eu acho que todos os personagens foram ótimos. Cada um mostrou suas características, suas preocupações e medo na medida certa.


Mesmo tendo sido cancelada, aqui no Brasil, The Firm passa no canal de assinatura AXN todas as terças feiras pelas 21:00 horas. Além de outros horários e dias alternativos. Inclusive tem uma parte do site da emissora só para The Firm e explica toda a cronologia. É bem interessante. Clica na palavra "site".

Se eu falar mais alguma coisa da série, vou acabar contando muitos spoilers e não quero isso, mas deixo para vocês o trailer.



Então, fico por aqui.

Beijos.


As MAIS - Patrícia Barboza


MAIS é a sigla da amizade, formada pela inicial do nome das amigas Mari, Aninha, Ingrid e Susana. As MAIS são alunas do Centro Educacional Machado, no Rio de Janeiro, e são inseparáveis. Tanto que resolveram escrever um livro juntas, relatando suas aventuras mais marcantes de um ano inteiro. O livro é narrado pelas quatro amigas, cada uma contando uma parte do ano letivo. Sonhos, frustrações, medos e micos (muitos!). Alegrias, conquistas e amores... Quatro personalidades diferentes, quatro maneiras de tornar a amizade única e inesquecível! Afinal, como diz a Mari, elas são as MAIS legais, as MAIS bonitas, as MAIS inteligentes e também as MAIS “modestas”. Divirta-se com as histórias dessas quatro amigas inseparáveis!


Mari, Aninha, Ingrid e Susana são melhores amigas e estão indo para o último ano do ensino fundamental. Afim de deixar o nono ano inesquecível, elas aceitam a sugestão de uma professora e resolvem escrever um livro juntas: cada uma escreve uma parte e conta o dia-a-dia
delas.

A partir de então, somos inseridos no mundo das MAIS - nome formado pelas iniciais das meninas, além de encaixar com a definição dada pela Mari:as mais inteligentes, as mais lindas...

Cada uma das MAIS tem algumas características marcantes: a Mari é desastradae dramática, Aninha é a estudiosa e linda, Ingrid é romântica e baixinha, Susana é a atleta e adora produtos de beleza. Claro, eu poderia listar muuuuuuuitas características de cada uma, mas a questão é que elas são muito diferentes entre si, mas somam umas com as outras.

Impossível não se encantar com o livro! Além de uma diagramação linda, com direito a ilustrações em rosa, o livro traz uma história que certamentevai fazer o leitor sentir saudades da adolescência e escola ou vai ver um retrato da própria rotina com as amigas.
Certamente, você vai terminar a leitura pensando qual das meninas mais parece com você e qual delas representa cada amiga.

Eu posso dizer que tenho um pouco de cada. Sou tão sonhadora quanto a Ingrid, sou blogueira como a Aninha - sim, ela tem um blog literário! - adoro produtos para o cabelo como a Susana e sou tão pagadora de mico quanto a Mari.

O livro tem uma pegada mais adolescente, mas é tão bem feito, tão bem escrito, tão caprichado que dá orgulho de tê-lo na estante. Um livro que me trouxe ótimas lembranças da minha época de escola, das minhas amigas e nosso grupinho*-*

É o primeiro livro que leio da Patrícia e, com certeza, vou querer ler muitos outros. Este livro é sinônimo de risadas, lembranças e uma linda história de amizade: as diferenças somam!