Legend - Marie Lu

Sinceramente, não sei como esta resenha vai sair. Independente dela ficar boa ou ruim, o que quero dizer é: PAREM O QUE ESTIVEREM FAZENDO E CORRAM PRA LER O LIVRO.



Esta distopia se passa no ano de 2.130 no que eram os Estados Unidos. Boa parte do país é da República, que vive em guerra com os vizinhos das Colônias.

Day é o criminoso mais procurado pela República, mesmo com apenas 15 anos. Ninguém sabe exatamente do seu rosto e suas motivações: ele vive nas ruas so setor Lake com Tess - uma amiga - e é uma lenda.
Minha mãe pensa que estou morto. Obviamente, não estou morto, porém é mais seguro para ela pensar que estou.

June é a garota prodígio da elite da República: passou na Prova com 1.500 pontos. Obediente, acredita nos princípos do seu governo e é a grande promessa para a vida militar.
Esse será meu oitavo relatório este trimestre. Posso apostar que sou a única estudante da Drake que já conseguiu oito relatórios sobre comportamento inadequado num só trimestre sem ser expulsa.


Com histórias completamente opostas, é bem difícil imaginar como o caminho de ambos se cruzam, mas quando Day invade um hospital para roubar remédios para salvar sua família da praga, um assassinato acontece e Day passa a ser o principal suspeito. Poderia ser mais um crime para a extensa lista dele, não fosse Metias - o cara assassinado naquela fatídica noite - ser irmão de June.
Minha mãe costumava ter a esperança de que eu renasceria de minhas humildes raízes, de que me tornaria bem-sucedido, e até famoso. Famoso eu sou, mas não da forma que ela tinha em mente.


Day só quer a cura para seu irmão e proteger sua família, enquanto June só quer vingar a morte de seu irmão. É aí que começa aquele momento da leitura que fica impossível largar o livro - uma busca implacável e muitos mistérios surgem.
As ações de Day costumavam me fascinar, mas agora ele é meu inimigo, meu alvo, minha primeira missão.


É muito complicado falar deste livro, porque tudo parece spoiler. Como eu li sem ter visto absolutamente nada antes - nada de sinopses, resenhas, comentários -, tudo foi uma maravilhosa surpresa, onde até o funcionamento do sistema, me pareceu inédito e como algo a descobrir do livro.

E é justamente isso que torna o livro fantástico: ele não te dá todas as respostas, nem mesmo te prepara com explicações antes da ação começar: ele narra a ação e  aprendemos na prática. Este livro é muito denso, apesar de pequeno. Cada linha tem que ser lida com muita atenção e é necessário dedicar um tempo só para lê-lo: é impossível parar depois que começamos. O mundo criado pela autora chega a ser palpável e foi muito fácil imaginar tudo que estava escrito ali como um filme. A narrativa é extremamente ágil e objetiva, não sobrando espaço para monotonia.

June e Day são muito lógicos: sabe aquele tipo de pessoa que sabe das coisas, sabe como agir, que pensa mesmo e não que sentou numa sala de aula e aprendeu muita teoria e só está colocando em prática? Eles são, de fato, inteligentes. Eles dividem a narração durante todo o livro, intercalando os capítulos e, além da indicação do nome do personagem no início do capítulo, a fonte é diferente. Esta alteração de narrador nos permite ver os dois lados da sociedade e, aos poucos, vamos conhecendo algumas das facetas da República. Devo avisar: a autora não hesita em tirar vidas. Se a situação precisa, ela vai lá, mata e a gente mal tem tempo de digerir, já que a ação não para.

Este livro é sensacional! Toda sua história, seu desenvolvimento e todas as descobertas que fazemos durante a leitura são rápidas e muito bem pensadas. Eu, particularmente, lembrei muito de Jogos Vorazes enquanto lia: não pela similaridade da história, pois apesar de algumas coisinhas, cada uma trilha seu rumo, mas porque ambos tiveram o mesmo ritmo e se mostraram excelentes no gênero. Sim, para mim, Legend está na mesma posição de JV na minha lista mental de Top Livros. Só preciso dizer que a leitura de Legend foi muito mais prazerosa: eu não tinha expectativas, não tinha um milhão de pessoas elogiando, ou seja: não corria o risco de me decepcionar. A diagramação é um caso à parte: as páginas são "manchadinhas" nas margens, como se fossem queimadas, as fontes usadas combinam com a história e ele é muito bem revisado.

A minha dica é: desvendem Legend, há tanto nesta história para ser descoberto...


Comentários
27 Comentários

27 comentários:

  1. Ah, agora eu fiquei louca para ler o livro. Nunca tinha ouvido falar dele, mas a sua resenha nos deixa curiosos...

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem?
    Estou passando aqui para avisar-lhe que tem um selo para você em meu blog, o link é http://ser-escritora.blogspot.com.br/2012/11/selo-premio-dardos.html

    Beijooos,

    Juliana Rodrigues,
    http://ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Por isso que não leio sinopses, eu amo esse prazer de ler e ir descobrindo a história!
    Confesso que ando desanimada para distopias, mas se está está no mesmo patamar de JV pra você, eu vou prestar mais atenção!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Deve ser a 1ª vez que visito o seu blog, já respondi a pesquisa e não consegui não comentar na resenha desse livro que parece ser tão bom quanto as distopias famosas, já coloquei o título na minha lista de futuras compras.

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não li, mas vi na livraria e amei (mas eu entrei na livraria nesse dia só pra olhar mesmo haha, porque é sempre mais caro que na internet ¬¬).
    Que resenha legal, parece que vc realmente amou o livro, eu ouvi várias pessoas falando bem dele. ^^
    Com certeza está na minha lista de Desejados.
    Abraços e ótima semana

    Douglas Ricardo - Lendo & Relendo

    ResponderExcluir
  6. Eu já estava só um "pouquinho" ansiosa para ler esse livro (nem preciso falar que sou fã de distopias, preciso? Ok, preciso, kkkk) agora com sua resenha, fiquei ainda mais louca/curiosa e não sei quanto tempo vou me controlar.
    O livro parece ser ótimo, a capa linda, e não ligo para ser semelhante ou não a THG, porque, sinceramente, toda vez que comparo alguma distopia, acaba que Jogos Vorazes cai um pouco e não quero isso... Não, er... Acho até que ~ falo isso e sou fã dos livros ~ ele só foi tão super valorizado por ser uma "novidade".
    Enfim, adorei a resenha mesmo, bem completa.

    Beijos,

    Vitória

    Shake Your World

    ResponderExcluir
  7. AI MEU DEUS!!! Minha lista de desejados vai passar de 1 Zilhão rsrsrs Amei a resenha, Ceile, está perfeita, eu dou uma sumida e você fica ainda mais talentosa! Impressionante! Sua resenha me deixou doente pra ler esse livro! Nota 10!!!!

    ResponderExcluir
  8. UAU, que resenha entusiasmada.
    Mas antes de tudo, devo confessar que ainda não li nenhuma distopia. #ShameOnMe rsrsr
    Já estava curioso sobre o livro em virtude de alguns comentários na blogosfera, e quase comprei o livro na internet, mas acabei desistindo.
    De qualquer forma, o livro acabou de se tornar leitura obrigatória para as férias.
    Abraço,
    Alê
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa!! Adorei a resenha!! Ja tinha visto a sinopse do livro e confesso que fiquei bem curiosa pra ler essa historia achei bem interessante como os dois protagonistas sao bem diferentes um do outro, essa historia promete muitas surpresas e vai ser uma das minhas proximas compras rsrs!! Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto a capa do livro e achei diferente mas ainda não tinha lido nada sobre ele. Eu gostei tanto do que a resenha falou sobre o livro e principalmente dos personagens que parecem tão opostos que preciso saber o que acontece na trama.

    ResponderExcluir
  11. Já tinha visto a capa do livro em vários lugares, mas nunca nem parei pra ler a sinopse ou alguma resenha, mas amei a sua, realmente a história está alem daquilo que eu esperava quando vi a capa.
    Gostei muito quando você fala que os personagens são inteligentes sempre sabem como agir, ultimante tenho lido tantos livros com um dos personagens sendo sonsos que eu acabo me decepcionando.
    Ótima dica de leitura, gostei muito.

    ResponderExcluir
  12. Não curto distopias, mas gosto de livros que vão se revelando aos poucos, :)

    É tão decepcionante quanto toda a trama se desenrola nos primeiros capítulos e o os demais são totalmente previsíveis...

    Bjo.

    ResponderExcluir
  13. O-O lembra jogos vorazes e eu já odiei huashushu
    nao suporto jogos vorazes.
    mas talvez eu leia esse livro.

    ResponderExcluir
  14. Estou SUPER curiosa para acompanhar a história do livro, e sua resenha foi BEM empolgada. Estou com Legend aqui e acho que vou fazê-lo furar a fila! HAHHAHA.

    Beijos!
    Lygia - Brincando com Livros

    ResponderExcluir
  15. Parece ser um ótimo livro. Nunca tinha ouvido falar.
    Adoro personagens logicos e inteligentes *-*

    ResponderExcluir
  16. Oi Ceile!
    Eu particularmente esgotei minha paciência por distopias. Não curto mais o gênero. Eu já havia visto esse livro antes, mas pelo motivo citado acima, deixei de lado. Pelo que percebi, você gostou muito do livro e que bom. Ao ler sua resenha, que gostei muito por sinal, percebi que não gostarei da leitura desse livro. Mas caso tenha oportunidade, lerei, só para matar a curiosidade. rs
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  17. Me convenceu! Vou comprar :D

    Beijos,
    whosthanny.com

    ResponderExcluir
  18. Já tinha visto a capa desse livro, mas nunca cheguei a ler nem sinopse, nem resenha sobre ele. Posso dizer que fiquei muito curioso pra lê-lo, pois sou muito fã de distopias. E só em você comentar que ele está no mesmo nível que "Jogos Vorazes", tenho quase certeza que vou gostar dele.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  19. Oi Ceile, eu estava sem computador, só agora consegui vir aqui.
    Menina eu também amei este livro!!! OMG é perfeito!
    Sua resenha ficou mega-hiper-ultra linda. Vale a pena ler a resenha e depois o livro!!

    Amei.

    Bjkas


    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Meu Deus !! Tenho ouvido falar demais desse livro,estava super curiosa,agora que foi comparado a JV então ! hahaha preciso desse livro !

    ResponderExcluir
  21. Nunca ouvi falar desse livro, mas parece ser interessante, fiquei curiosa! rs!

    ResponderExcluir
  22. De cara ja tinha gostado desse livro pela capa (apesar de nao conseguir imaginar o mundo em 2.130 ), o mundo que a autora relata deve ser muito.. louco. Curiosidade a parte para conhecer Day, gostei da personalidade dele.

    ResponderExcluir
  23. Mais um livro distópico que eu tenho vontade de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  24. Só queria dizer que coloquei na minha to-read list graças à sua resenha. Kay, bye.

    ResponderExcluir
  25. Minha nosssa!!

    Que resenha, fiquei louca de vontade de largar tudo e ir ler rs. Ele esta ali no topo da minha pilha, me olhando, pedindo pra ser lido exatamente agora!!

    Parabens pela resenha.

    bjoo

    ResponderExcluir

Deixe sua opinão ;)

Comentários ofensivos serão excluídos.
Caso tenha um blog, deixe o link no final do comentário.