A Ilha dos Dissidentes - Bárbara Morais

Vocês já devem ter visto em algum lugar por aí sobre esse livro! Estava muito ansioso pra lê-lo, e decidi que compraria logo na pré-venda. E como esperado, não fui decepcionado.

A história fala de Sybil Varuna, a única sobrevivente de um desastre marítimo. O navio, que a transportava de Kali (uma cidade horrível onde cresceu) para uma zona de refugiados, afunda - e não é para menos: o nome dele era Titanic III. Viver em uma zona de refugiados, ainda que ruim, era a melhor escolha para ela, uma moradora de Kali.

Mas tudo muda drasticamente em sua vida quando ela descobre seu poder especial, ao sobreviver ao desastre marítimo. Sybil é uma anômala, e resiste vários minutos debaixo d'água sem se afogar. Graças a isso (e a mais alguns outros poderes que ela possui em relação à água) ela sobrevive ao desastre. Dessa forma, é enviada para Pandora, uma terra para anômalos como ela. Lá, ela é recebida em uma família boa, com casa, comida, e condições de vida inimaginavelmente melhores do que em Kali. Ela também vai à escola, onde se inscreve para uma aula de técnicas especiais avançadas chamada TecEsp. Ninguém comenta sobre o que é essa aula, mas depois de um pequeno treinamento, Sybil descobre que está engrenada em um sistema muito maior do que o que imaginava, e que se quiser sobreviver, vai ter que jogar com as regras deles.

Não tenho palavras pra dizer direito o quanto fui surpreendido com esse livro. Eu tinha uma certa expectativa de que fosse bom, porque já conhecia um pouco da escrita da Bárbara pelos posts dela no próprio blog e também a seguia no twitter há um tempo, e sempre amei. Mas o que foi isso? Fui atingido em cheio por um romance distópico muito bem embasado, super bem construído ao longo das páginas e com reviravoltas a todo instante. Achei que todos os personagens são muito legais, e por mais que tenham MUITOS ao longo do livro, a personalidade única de cada um marca bastante, então não fiquei nem um pouquinho confuso.

Sybil é uma garota bastante peculiar, e eu adorei o fato de ela não ser aquela menina indefesa que precisa da ajuda de um cara o tempo todo. Ela é forte, luta pelo que precisa e não se deixa abater facilmente. O fato de ela ter tido um passado sombrio vivendo em Kali só ajuda para que ela seja muito bem construída. Andrei é outro personagem bem legal, assim como o Leon. Só ajudam para incrementar ainda mais a trama. O ambiente distópico foi muito bem criado, temos detalhes do que ocasionou aquilo tudo e eu adoro quando explica-se um pouco de como o mundo foi levado àquilo, sabem? Acabo não curtindo muito regimes distópicos sem explicação. Mas podem ter certeza de que esse tem uma explicação bem legal.

Gostei bastante também da ideia dessa sociedade, em que os Anômalos são vistos com maus olhos e possuem um "país" só pra eles. Achei demais a ideia de cada anômalo ter um "poder especial", quase como um super-herói, e todo o contexto em que estão inseridos também foi muito bem feito. Não tem como eu falar muito sobre isso sem dar BIG SPOILERS, então estou me segurando bastante aqui! O final é absolutamente eletrizante (a autora narra cenas de ação de uma forma incrível!) e faz com que você não desgrude os olhos nem um minuto, e acho que foi por isso que li o livro tão rápido.

Portanto, quem acha que não gosta de literatura nacional ou que os autores nacionais não são "bons o bastante" (como eu já ouvi por aí!), aventure-se em A Ilha dos Dissidentes! É o primeiro livro de uma trilogia, portanto é bastante introdutório, mas vale MUITO a pena. A Bárbara não poderia ter feito melhor, e se você gostou de Jogos Vorazes, vai AMAR A Ilha dos Dissidentes.

Comentários
68 Comentários

68 comentários:

  1. EU PRECISO de A Ilha dos Dissidentes! A capa é um show à parte, mas é a história que me cativou. Essa sinopse é tão instigante que já imagino o quão maravilhoso o livro é, e ele está sendo bem recomendado, sendo que foi lançado recentemente. Espero que a autora faça muito, mas muito sucesso! Ótima resenha, você me deixou mais curioso ainda :D

    Abraços, Joshua Guimaraes
    Blog Pensamentos do Joshua - pensamentosdojoshua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Renato!!
    Adorei a sua resenha e fiquei muito feliz de que você gostou dos personagens. É, eu realmente coloquei personagens demais nesse primeiro livro, mas isso é bom para os próximos livros por motivos que não irei mencionar aqui, muahuahua.

    Muito obrigada pela recomendação ˆ-ˆ
    Beijos,
    Bell/Mecutuca/Bárbara

    ResponderExcluir
  3. Você soube passar muito bem a história tão incrível do livro. Também fiquei agradavelmente surpresa com esta obra tão linda. Não pensei que seria tão emocionante assim. E em relação a tantos personagens, acho que eles enriqueceram mais ainda a obra e mais pra frente quem sabe aparecerão em outros livros dela. Amei. Está de parabéns a autora Bárbara. Beijos.
    elizabethmsalles@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. EU QUERO O MEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEU POR QUE RAIOS NÃO PASSARAM O MEU A TEMPO AGORA TENHO QUE ESPERAR ATÉ AMANHÃ ._.

    ResponderExcluir
  5. Como fã de Jogos Vorazes, meu interesse por esse livro já é grande! Fiquei curiosa com o que acontece e quero ler esse livro logo, já que envolve tudo que eu adoro e o livro parece ser ótimo! Mal posso esperar para ler :)

    ResponderExcluir
  6. Não me interessei muito pela história! Não faz muito meu estilo, mas gostei da construção da sociedade, realmente é bem bacana a premissa.
    Desta vez, não pretendo ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Bem estilo Jogos Vorazes :D
    Livros assim faz bem meu estilo,gostei da construção e tal.Vou ler !

    ResponderExcluir
  8. Nunca li uma distopia, porém amei esse livro. Sério se eu encontrasse esse livro em uma livraria, olhando só pela capa eu NÃO compraria. Mas depois dessa resenha, ele já entrou em minha lista de desejados. é muito bom saber que é nacional esse livro. Sou muito fã de Eduardo Sporh ( brasileiro tmb) depois que conheci os livros de Eduardo, comecei a mim interessar pela literatura nacional, que até então eu achava uma merda, mas me enganei completamente!

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro distopias! E fiquei bem curiosa depois de ler a resenha, confesso que quando vi a capa e a sinopse pela primeira vez não me cativou muito. Não pelo fato da autora ser brasileira, claro que não, é um povinho muito do besta que fica com receio por causa disso. Brasil tem muitos autores bons e até melhores que os gringos. Só fiquei meio assim por que é uma trilogia e eu to tentando não me viciar em mais séries! =/

    ResponderExcluir
  10. Os distópicos estão com tudo, os livros que tenho lido estou adorando! Quero ler este tambem.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Gente não havia lido nenhuma resenha desse livro antes. E só lendo a resenha já me senti bombardeado rsrs. Amo distopias e já vou adicionar na minha lista de desejo! Adorei a resenha e não vejo a hora de ler *-*

    ResponderExcluir
  12. Eu não ouvi falar sobre falar do livro, meu primeiro contato é sua resenha e eu só posso falar UAU! Espero poder comprar o livro e não me confundir com os personagens XD.
    Nossa tem tanto escritor nacional bom que pena que são poucos que conseguem se aventurar nesse meio.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Já tinha ouvido falar muito bem do livro também, mas nunca cheguei a ler a resenha dele, agora mal posso esperar para te-lo ^^
    Simplesmente amo distopias haha
    Beijos

    Thaynara
    livroscombolinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Já tinha ouvido falar muito bem do livro também, mas nunca cheguei a ler a resenha dele, agora mal posso esperar para te-lo ^^
    Simplesmente amo distopias haha
    Beijos

    Thaynara
    livroscombolinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Já tinha ouvido falar muito bem do livro também, mas nunca cheguei a ler a resenha dele, agora mal posso esperar para te-lo ^^
    Simplesmente amo distopias haha
    Beijos

    Thaynara
    livroscombolinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Acho que ate o momento nunca li uma distopia então não sei se iria gostar ou nao. Este livro tem um enredo ótimo pelo que posso ler na sua resenha, é de prender o leito ate o final....

    Se houver oportunidade lerei com certeza =)

    E so pra saber sera que eu sou a unica que nunca vi nada deste livro O.o ?

    ResponderExcluir
  17. Uua! Ainda não tive a oportunidade de ler uma distopia. Pra falar a verdade, não sei se o gênero me agrada. Mas, como achei muito interessante a sua resenha, o livro vai entrar para a minha "wish list"! =D bjs

    ResponderExcluir
  18. Realmente já tinha visto esse livro por aí antes, mas é a primeira resenha que leio dele e espero, sinceramente, que eu não demore para tê-lo em minhas mãos. Estou surtanto, sur-tan-do! PRECISO desse livro. Costumo gostar de histórias nesse estilo e acho que também irei gostar dessa (:
    Ok, não gostei muito de JV, mas vou relevar meu comentário a respeito, tá? UAHSUHAUHS

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Renato, vou ser muito sincera: eu não conhecia o livro, acho que eu leria, apesar do tema não ser o que mais em atrai, estou dando bastante chance aos nacionais, até pra conhecer mais gêneros também!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Amo esse tipo de historia, e a capa instiga a curiosidade.
    Puro preconceito com autores brasileiros, acho o máximo ler literatura daqui, afinal, nossa realidade que está ali né?

    ResponderExcluir
  21. Nossa com sua resenha eu preciso do livro, uma historia muito interessante, e legal que trata também de uma forma sobre preconceito, acho bem legal para adolescentes e não tão adolescentes como eu rs.
    Amei a ideia, e acho que autores nacionais não deixam em nada a desejar a qualquer outro autor, tudo depende do estilo de escrita de cada um, eu mesmo ADORO Helena Gomes,
    beijos.

    ResponderExcluir
  22. Poxa, foi essa última frase que me pegou de jeito 'Se você gostou de Jogos Vorazes vai AMAR este livro'. Também acompanho o blog da Bárbara, ela escreve muito bem, tem um toque de humor bem bacana, definitivamente amo os posts dela, então pra quem tem medo de ler autores nacionais é bacana o pessoal poder conferir um pouco do trabalho dela antes de comprar a obra. Eu estou mega curiosa, li a resenha completa e amei cada coisa, essa país para mutantes com direito a escola e tudo, estou doida pelo livro! Culpa tua!!

    ResponderExcluir
  23. Cara, a blogosfera está em polvorosa com esse livro no último mês, né?
    Com certeza quero ler, adoro distopia e literatura nacional, o que me deixa mais ansioso ainda.
    Adorei a resenha, abração.

    Gustavo Valim
    http://jantandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele foi MUITO esperado, Gustavo hahahaha A Bárbara já vinha falando dele há algum tempo =) Por isso que todo mundo ficou maluco quando saiu.

      Mas leia sim, vale a pena.

      Abraço,
      Renato.

      Excluir
  24. Então, quando li a sinopse desse livro fiquei com muita curiosidade de ler, mais vai demorar um pouco, gostei da proposta do livro e amei sua resenha, me fez ficar com mais e mais vontade de ler.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  25. Fiquei muito interessada neste livro deste que vi o lançamento. Amo demais este gênero e é sempre bom prestigiar os autores brasileiros. E como amei demais Jogos Vorazes, A Ilha dos Dissidentes já está na minha lista de desejados =)

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bom?
    Estou louca para ler esse livro!
    Os livros nacionais cada vez mais têm me surpreendido e têm surgido várias distopias e romances muito bem estruturados!
    Me lembrou bastante Jogos Vorazes, mas acho que isso é uma coisa boa!
    Beijão
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  27. A ideia é muito boa não é mesmo? Vi falar desse livro e me animei com a sinopse dele, queria conferir mais. Mas ainda vou esperar algumas resenhas a mais, vi pouca coisa dele.

    ResponderExcluir
  28. Pra começar, amei a capa :D
    Estou na onda de ler distopias, por isso vou pesquisar um pouco mais sobre esse livro, e vez se vale mesmo a pena incluí-lo nos desejados.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  29. Realmente em ouvi muito falar sobre esse livro por aí ultimamente. Acompanho há pouco tempo o Nem Um Pouco Épico, blog da autora, e também a própria no twitter e gosto do jeito que ela escreve até ali e fiquei imaginando como seria o livro dela, hehe. Pena que eu não curto distopias e me dispor a acompanhar uma série de um gênero do qual eu não sou fã, dentre tantas outras que eu realmente preciso ler, não é uma opção viável pra mim no momento. Mas gostei muito da capa e da história do livro e as poucas resenhas que li até agora foram bastante positivas, então acredito que seja uma leitura indispensável para os fãs do gênero. ;D

    ResponderExcluir
  30. Amo distopia! Mais uma opção para ler rsrsrs
    Adorei seu entusiasmo e confesso que fiquei contagiada também ^.^
    Pelo jeito, a história foi bem embasada, os personagens bem construídos, o que já o retira da categoria "livro insosso, água com açúcar". Senti bons presságios com este livro haha Quem sabe um dia não tenho a oportunidade de confirmar (ou argumentar) tudo o que achou?

    ResponderExcluir
  31. Oi Renato!
    Eu gosto muito da literatura nacional, o que me deixa triste é a falta de atenção na revisão dos livros nacionais, parece que nossos editores não cuidam tanto deles sabe.
    Enfim, vamos a resenha rs, o livro parece interessante, mas eu estou querendo um pouco de folga dessas coisas de super poderes, mas a sua empolgação com o livro é contagiante, vou colocar na minha lista, não vai ser prioridade, mas com certeza vou lê-lo um dia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Oie,Renato.Há pouco tempo eu soube que esse livro iria ser lançado na bienal e o melhor de tudo: é de autoria nacional.Fiquei MTO FELIZ com a sua resenha,em saber que o livro é eletrizante e que te pegou em cheio.Amo distopias e não vejo a hora de começar a ler esse livro tbm.
    Para mim será um prazer adquirir essa obra e lê-la porque fico mto satisfeita em saber que mais um autor nacional teve a oportunidade de lançar seu livro.Só falta agora as pessoas pararem com o preconceito de achar que a literatura nacional é ruim ou que deixa a desejar.Bjão :)

    ResponderExcluir
  33. também já ouvi muita gente dizendo que livros nacionais não são bons, e acredito que esse tipo de gente merece umas palmadas!!!
    gostei da sua resenha, e achei o livro interessante, mas se não fosse minha fobia por água, juntamente com minha falta de interesse por livros cheio de poderes sobrenaturais eu até pegaria-o para ler ;x

    ResponderExcluir
  34. Confesso que estou em uma fase de só querer ler romance, já paguei outras histórias(incluse o jogos vorazes) e simplesmente não consigo, não da. Quando termino uma página percebi que estou pensando em um livro de romance que li, isso é um tanto quanto CHATO. Mas isso passa, espero hahah. Porém gostei da maneira que "explicou" o livro e me chamou atenção, tentarei o ler e quem sabe consigo sair da ressaca romantica hahah

    ResponderExcluir
  35. Genteee? Como assim nunca ouvi falar desses livros? Sou super a favor de livros, filmes nacionais, alguns não deixam absolutamente nada a desejar em relação ao dos gringos. Adorei sua sinopse dá vontade de correr para comprar esse livro. Me convenceu totalmente! Também odeio aquelas mocinhas que a única preocupação da vida é escolher com quem vai ficar no final da história. Tem todos os ingredientes que gosto, espero que corresponda as minhas expectativas.

    ResponderExcluir
  36. Uow! Preciso desse livro pra ontem! Hahaha. Já tinha visto em alguns lugares comentários sobre o livro... E, a premissa realmente é super interessante. Tem tudo pra ser uma leitura que me agrade! Estou mais do que curiosa. Autores nacionais têm me surpreendido ultimamente. Espero que aconteça o mesmo com a Bárbara Morais.

    ResponderExcluir
  37. Nossa, que resenha é essa hahahahaha, adorei! Eu não tinha expectativas pra esse livro, e agora você me fez criá-las kkkkkkkkk!
    Quero muito, com certeza :P
    Adorei

    Beijo

    ResponderExcluir
  38. Ameii!! sua resenha, suas resenhas estão cada vez melhores.
    Vou correndo compra esse livro Amei

    ResponderExcluir
  39. Vou anotar aqui, gostei muito de Jogos Vorazes (tirando o último que é meio decepcionante)...
    Essa história de pessoas com poderes especiais terem um país só pra eles não é muita novidade (afinal, em X-Men VS Vingadores depois que a entidade Fênix volta para Terra os que são "possuídos" por ela criam um país chamado Utopia para mutantes).
    No começo quase acreditei que Sybil era filha de Netuno, mas pelo visto não é né? rs
    Mas enfim...vou anotar aqui o nome do livro pra ver se num futuro eu compro ele pra ler...se bem que, trilogia né? Então vamos esperar sair todos pra comprar em uma box...falando nisso, acho que vou tweetar pra Gutemberg pra ver se lançam (futuramente). Qual é o site da autora? Vou ver lá e procurar no skoob se já tem as informações dos próximos da série...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thiago!! A Bárbara é MUITO fã de X-Man hahahaha muito boa lembrança. O site dela eu não sei, mas o twitter é o @barbaraescreve e o blog dela é o www.nemumpoucoepico.com , mas se você tweetar pra ela, ela provavelmente responde :)

      Lá também deve ter o link do site dela.

      Abraço

      Excluir
  40. Eu adoro literatura nacional e não torço o nariz, já me surpreendi positivamente com vários livros nacionais e sempre recomendo aos amigos, mas é que não gosto muito de distopias, então por melhor que seja o livro, não me atraiu muito não! Fiquei feliz por vc ter colocado expectativas nessa leitura e ela não ter te decepcionado, isso é muito bom quando acontece! Excelente resenha, bjão!

    ResponderExcluir
  41. Os livros nacionais andam me impressionando muito ultimamente, com ideias originais e tal!

    Não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas parece ser bem bom. Adoro livros em que os personagens tem super poderes..hehe
    E ver que vc gostou tanto assim me deu mais vontade de ler!

    Listinha de desejados...já! =D

    ResponderExcluir
  42. To me sentindo desatualizada, só eu não sabia que a Barbara tinha escrito um livro? rsrsr
    Fico meio com pé atrás com distopia, é um gênero que não curto muito, mas pelo visto o da Barbara é bem diferente do que a gente vê, ja me chama atenção logo ela explicar o regime distópico, pq só o que a gente vê é distopia que não explica e foge logo do tema focando mais no romance. outro ponto forte é a Sybil ser bem independente e não precisar de muita ajuda, odeio mocinha indefesa, poxa, garota ja passou por tanta coisa e ainda fica de mimimi? Não dá né...
    Gostei muito, espero ter na minha estante em breve, amo livro nacional!

    ResponderExcluir
  43. Ok, preciso desse livro agora!
    Ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro distópico, mas pela sua resenha (e sua emoção!), esse livro parece ser ótimo e fiquei curiosa para ler. E é muito legal saber que um livro que você diz ser tão bom, foi escrito por um brasileira! Estou com bastante vontade de ler agora :)

    ResponderExcluir
  44. Eu sou super fã de distopias, e como fã do gênero não poderia deixar de conferir a Ilha dos Dissidentes.
    Me apaixonei pela história desde a primeira sinopse que li, e quando soube que era de uma escritora nacional essa paixão só cresceu.
    Ainda não li o livro, mas pretendo fazê-lo em breve.
    A protagonista tem todos os elementos que eu admiro. Odeio protagonistas com baixa autoestima e dependentes. Gosto das guerreiras.

    ResponderExcluir
  45. N.E.C.E.S.S.I.T.O desse livro

    Já o conhecia, mas nada com que fizesse eu me sentir tão atraído assim, estou aqui procurando nos sites mais em conta e já pedirei o meu.
    Juntou Distopia mais personagens com poderes fantásticos da igual á eu procurando loucamente um site para comprar o meu exemplar.

    ResponderExcluir
  46. ah eu adoro estória que mostram sociedades diferentes da nossa, adoro ver como é a organização, sua forma de governo e a revolta dos oprimidos... já adicionei na lista de leitura
    obrigada pela resenha maneira
    http://alinnegon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  47. Confesso que não imaginava que esse livro era uma distopia, Imaginava uma história e gênero completamente diferentes. Me amarro bastante em distopias, e se o mundo criado pelo autor for muito bem detalhado e explicado, não tem como não se interessar pelo livro. Quero muito ter a oportunidade de ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  48. Eu nunca viajaria em um navio que tenha Titanic no nome rsrs.
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro. Amo distopia, fiquei com muita vontade de ler ele!!

    ResponderExcluir
  49. Me surpreendi agora. Não conhecia ''A Ilha dos Dissidentes''. Achei o título interessante e a capa muito boa! Sem contar que de cara sua resenha me fez querer adquirir esse livro ainda neste ano (não fiz promessa, mas coloquei na cabeça que esse ano não compro mais nenhum livro... será?).
    Interessante a escolha do nome no navio, já me dei uma esperança de um leitura muito boa. Gostei muito do modo como a personagem descobre que não é uma pessoa como qualquer outra. Estou amando ler distopias e, principalmente, obras nacionais. Até agora nada me decepcionou pra chegar ao ponto de falar (ou se quer pensar) que por ser nacional não é bom (nada a ver isso... me desculpem, mas isso é coisa de mente fechada).
    Renato, sua resenha está ótima!

    ResponderExcluir
  50. Até então eu nunca tinha ouvido falar desse livro. E, assim... GOSTEI MUITO da resenha que você fez Renato, e o que me chamou mais atenção ai também foi o fato dos personagens terem poderes e o nome do navio que achei genial, haha. Agora to com vontade de ler, mas se compro mais livro é capaz do meu pai me matar, e agora? HAHAHA
    Beijos

    ResponderExcluir
  51. Eu conhecia o livro meio que 'de vista', em algumas estantes no skoob e em alguns vídeos de blogs literários, no entanto nunca havia lido nada mais consistente sobre o conteúdo do livro, e após ler sua resenha estou me perguntando como nunca havia me interessado em conhecer mais a obra! Primeiramente eu sou mega apaixonada por distopias e personagens sobrenaturais bem como realidades paralelas e gente, gostei MUITO de A Ilha dos Dissidentes, o próprio nome é bem diferente e original, bem como o enredo que achei bem diferente das distopias existentes no mercado atual. A capa também é um fator positivo, gostei bastante. Uma coisinha que eu achei jeio clichê ao decorrer de sua resenha foi o fato de o navio que afundiu ser o Titanic III, mesmo assim é uma coisa insignificante dentro de tantas coisas positivas que o livro possui. Vou correr e adicionar o livro à minha lista de desejados agora, muito obrigada por me apresentar a mais essa distopia, e confirmei uma teoria que eu tenho em que meu inconsciente supostamente se interessa apenas por séries ou trilogias, e a cada vez mais ela vem se confirmando ser verdade smfjgjsgfhjehsj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah esqueci de acrescentar o quanto eu acho muito legal o fato de os escritores brasileiros estarem sendo mais valorizados, e o ato da leitura também de modo geral, e as obras brasileiras estarem saindo com uma qualidade muito boa mesmo.

      Excluir
  52. Nossa, também me senti desatualizado. Não conhecia a autora e muito menos a obra. Pela resenha, parece ser uma história cheia de reviravoltas. Li pouquissímos autores nacionais, tenho curiosidade de ler uma distopia feita por alguém da nossa Terra. Parabéns Bárbara.E que venha os próximos volumes.

    ResponderExcluir
  53. Essa é a primeira distopia nacional que vejo, e apesar de não ter lido nenhuma distopia ainda, achei interessante mas não vou me aventurar por pura falta de tempo.
    Beijos,
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  54. Eu me interessei muitooo por esse livro! Pena q nao acho na minha cidade!

    ResponderExcluir
  55. não vou mentir que no começo da resenha eu achei a história legal e interessante, mas não o suficiente para colocar em preferencia aos que eu ja separei pra ler, mas quando eu vi dizendo que quem ama jogos vorazes vai amar esse livro, simplesmente fiquei de olhos arregalados e já anotei para comprar!

    ResponderExcluir
  56. Eu ja algumas resenhas sobre o livro e me interessei bastante. Quero muito ler e me aprofundar nesse universo que a Barbara criou.

    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  57. Amei sua resenha, gosto muito de livro neste gênero, amo Jogos Vorazes, então, você só me deixou alucinada por está leitura.
    Li uma resenha que me deixou com pé atrás quanto a dinâmica do livro, mas lendo a sua percebi que a queixa da menina é quanto ao livro ser muito introdutório, o que não é muita novidade, né?
    Vou colocar na minha lista de desejados sim.

    ResponderExcluir
  58. Gostei da resenha e acho que será um livro interessante para uma futura leitura, vamos ver se a autora consegue manter esse ritmo e a história dentro do grau de expectativa criado, só nos resta aguardar e torcer que sim.

    ResponderExcluir
  59. Gosto muito de distopias, e esse livro despertou muito a minha atenção. Muio legal ver autores nacionais escrevente histórias tão boas.

    ResponderExcluir
  60. Ah, eu conheci a Barbara na bienal e ela é super fofa *-*
    Ela contou um pouquinho do livro pra quem estava lá na Editora Gutemberg, e isso já foi o suficiente para me deixar louca de vontade de ler! Amo distopias, e saber que uma autora nacional - e tão jovem quanto ela - fez um livro tão bom assim me deixa mega feliz!
    Eu já tive preconceito com os autores nacionais.. mas isso foi antes de ler os atuais! rs
    Adorei a resenha Renato.

    Beeijos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
  61. Estou bastante curiosa com esse livro desde quando o vi em um blog.
    Parece ser super bacana, estou muito ansiosa.
    Espero ler antes de assistir e me surpreender com o livro!

    ResponderExcluir
  62. Esse livro esta super em alta na blogosfera literária, mas apesar de ver tantos comentários eu ainda não tinha parado para ler uma resenha dele. O ambiente distópico é algo que me agrada muito e tenho certeza que vou adorar esse livro. Ao contrário de muita gente eu não tenho nenhum preconceito com livros nacionais, muito pelo contrário, eu os amo. =;) hahah
    Beijos

    ResponderExcluir
  63. Já ouvi falar muito bem desse livro e poxa! Eu quero! hshaushausha.. Adorei a ideia de que ela é mais independente, sem ficar dependendo dos carinhas para ajudar ela. Estou louca para ler distopias e não tenho preconceito nenhum com a literatura nacional, acho tosco todo esse preconceito - amo a literatura brasileira!
    Mais um livro para minha infinita lista, com certeza...
    Beijos.

    obs: gostei da resenha!

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  64. Pena esse livro ser de uma autora nacional (d Brasil) e por isso haverá muito poucas probabilidades de esse livro chegar cá (a Portugal). Como é o caso dos livros da Paula Pimenta que eu fico esperando até hoje :s
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  65. Como estou surpreso de saber que esse livro é nacional. Eu já tinha visto essa capa, mas nunca fiquei interessado e depois dessa resenha eu já tô até pesquisando os preços porque fiquei amarrado na história. E o fato de ser nacional ainda me deixou mais ansioso.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinão ;)

Comentários ofensivos serão excluídos.
Caso tenha um blog, deixe o link no final do comentário.